Alimentação para Bebes de 1 ano | Cardápio e Dicas

por

Como mãe de 5 filhos, sei que às vezes podemos ficar perdidos em relação a que comida oferecer aos nossos filhos pequenos, principalmente a alimentação de bebês de 1 ano.

Depois de uma longa conversa com a pediatra dos meus filhos. 

Eu entendi de uma vez por todas como deve ser a alimentação dos pequenos.

A alimentação é importantíssima para a saúde, aprendizagem e desenvolvimento das crianças.

Nesse guia vou te ajudar a entender como deve ser a alimentação e um cardapio para bebês de 1 ano. 

O que muda na alimentação ao 1 ano de idade?

O que pode ser adicionado à alimentação do bebê de 1 ano

Exemplo de cardápio alimentar para crianças de 1 ano

Dicas extras sobre a alimentação infantil

O que muda na alimentação ao 1 ano de idade?

Após o período de apresentação de novos alimentos (a partir dos 6 meses), quando os bebês comem principalmente papinhas e alimentos amassados. 

A criança já aprendeu a mastigar, engolir e diferenciar texturas e sabores.

Ao atingir 1 ano de idade a criança já está pronta para comer a mesma comida da mamãe e do papai, desde que seja uma alimentação saudável. 

Se seus hábitos alimentares forem errados, seus filhos consequentemente irão comer errado também. 

Portanto tome muito cuidado também com a forma com que você anda se alimentando e os seus horários de alimentação.

O que pode ser adicionado à alimentação do bebê de 1 ano

A maioria dos pais ficam em dúvidas na hora de escolher quais alimentos podem oferecer aos seus filhos nessa idade. 

Portanto listei os principais alimentos que você pode introduzir ou abolir na alimentação do seu bebê:

Introduza:

  • LEITE: o melhor leite para bebês até os 2 anos de idade, normalmente é o leite materno, mas depois do primeiro ano de vida do seu filho, você já pode introduzir o leite de vaca e seus derivados.
  • SAL: além de sódio, o sal de cozinha possui também iodo que é muito importante para o desenvolvimento da criança. 

Mas é preciso prestar atenção, sal em excesso pode fazer mal, portanto evite temperos industrializados e ricos em sódio, dê preferência ao sal marinho por ser mais puro.

  • CARNE: procure oferecer sempre carne fresca e sem muita gordura, como frango, peixe e outros cortes magros. Evite a todo custo carnes processadas (salsicha, hambúrguer) e temperadas artificialmente.
  • SUCO: você pode oferecer sucos naturais e água de coco em pequenas quantidades, por volta de 100 ml/dia. 

Evite sucos de caixinha ou pózinho, faça sempre sucos diretamente da fruta sem coar e sem açúcar.

Alimentos para abolir:

  • CONGELADOS: evite alimentos congelados, pré preparados e fast foods.
  • FRITURAS: dê preferência sempre para alimentos assados, grelhados ou cozidos.
  • MOLHOS PRONTOS: são cheios de sódio e conservantes, tente sempre fazer molhos caseiros. Se você não tiver tempo para fazer na hora, pode separar um dia da semana, fazer o molho em quantidade e congelar para depois.
  • DOCES: nisso está incluso todos os tipos de açúcares (branco, mascavo, açúcar de coco, demerara, mel, melado e etc), deixe a introdução de doces para mais tarde.
  • EMBUTIDOS: ainda não está na hora de apresentar presunto, salame, mortadela e etc. 

Exemplo de cardápio alimentar para crianças de 1 ano

Abaixo vamos ver um simples cardapio para bebe de 1 ano . Alimentação parece ser complicada mas na verdade é bem simples.

Café da Manhã 

  • Leite materno ou composto de fórmula;
  • Pão com grãos e fibras com manteiga;
  • Maçã ou mamão.

Lanche da Manhã

  • Suco de fruta natural

Almoço

  • Arroz branco ou integral;
  • Lentilha cozida;
  • Mandioca cozida;
  • Carne moída refogada com alho e cebola; e
  • Couve refogada com azeite, sal, alho e cebola.

Lanche da tarde

  • Leite materno ou fórmula e biscoito salgado integral

Jantar

  • Arroz à jardineira (com legumes, como cenoura, ervilha, milho e temperos como salsinha, cebolinha e alho poró);
  • Purê de mandioquinha; e
  • Filé de frango cortado tiras.

Ceia

  • Leite morno, ou leite materno/ fórmula

Dicas extras sobre a alimentação infantil

É importante que você defina uma rotina, com horário fixos para café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Por isso a importância do cardápio para bebe de 1 ano.

Lembre-se de sempre falar o nome da refeição e dos alimentos que a criança está comendo, isso também é muito importante para o desenvolvimento dela.

Varie bastante o cardápio da criança, assim ela terá mais nutrientes em seu corpo e também terá um paladar amplo.

Ofereça bastante água durante todo o dia, mas evite dar líquidos junto dos alimentos. 

Se quiser, você pode oferecer um suco de frutas como laranja, acerola e limão 30 minutos antes das refeições, pois ajudam a absorver os nutrientes da comida. Isso não deve afetar o horário de alimentação do bebê.

A bagunça é coisa certa, conforme a criança vai aprendendo a comer sozinha a sujeira só aumenta, lembre-se de não reprimir a criança durante esse processo, pois pode atrasar o desenvolvimento do seu filho. 

Seja paciente e lembre-se de que é só uma fase.

Se desejar oferecer uma sobremesa depois do almoço e jantar, ofereça sempre uma fruta, preferencialmente frutas ricas em vitamina C que auxiliam na absorção de ferro.

Algumas crianças nessa idade ainda sentem a necessidade de tomar o leite antes de dormir, pois ajuda a acalmar e relaxar. 

Portanto, cerca de meia hora antes de fazer seu filho dormir ofereça o leite que ele está acostumado a tomar desde o nascimento.

O que fazer a seguir

Agora que seu filho já aprendeu a mastigar e engolir, ele já pode comer a mesma refeição que o resto da família. Mas tente evitar doces e embutidos o máximo que conseguir.

Incentive seu filho a tomar bastante água e estabeleça uma rotina para a alimentação. 

Frutas são uma ótima opção de sobremesa para crianças de 1 ano. E não se preocupem com a bagunça, essa fase acaba logo.

Você já sabe quais alimentos pode oferecer e como é um exemplo de cardápio saudável. 

Agora você pode adaptar a sua realidade e montar cardápios variados para seus filhos. 

Se mesmo após aprender a comer sozinho seu filho apresentar resistência a comer toda a comida, é importante diagnosticar a falta de apetite da sua criança e descobrir como lidar com essa situação.

Photo of author

Marcia Toledo

Mãe de 3, madrasta de 2 e avó de 4 me deu o titulo de Mãe Experiente. Depois de Pura pressão social, decidi compartilhar meus conhecimento sobre ser uma mãe e ter uma familia.